Barra de Vídeo

Loading...

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

HOMOSSEXUALIDADE http://garciapereira2009.blogspot.com/2009/09/homossexualidade.html

Desde sempre (e numa altura em que era particularmente difícil fazê-lo) defendi que os homossexuais não poderiam ser nem perseguidos nem discriminados, como eram, na base de um preconceito social, sobretudo ditado por uma mentalidade judaico-cristã. Sempre ergui a voz contra toda a sorte de discriminações e de perseguições. Mas isso é um princípio geral.


Sobre essa matéria, não há dúvidas: as pessoas não podem ser nem discriminadas nem privilegiadas pela sua orientação sexual, seja ela qual for.

Quanto à legalização do casamento entre homossexuais, trata-se de uma questão em relação à qual não tenho dúvidas em afirmar que não vejo nenhum obstáculo para que se duas pessoas do mesmo sexo pretenderem contrair casamento não o possam fazer. O que digo, com todo o desprendimento, é que nós temos uma concepção de família e um edifício jurídico construído em torno dele, que devem ser profundamente discutidos antes de alterações substanciais que o ponham em causa. Não pode ser um problema de moda. Tem de ser um problema discutido aprofundadamente antes da tomada de decisão. Mas acho que se deve caminhar para aí.

Contem comigo para uma solução definitiva destas questões na próxima legislatura.

Sem comentários:

Enviar um comentário