Barra de Vídeo

Loading...

sexta-feira, 2 de outubro de 2015

ANTÓNIO GAMBOA 1º CANDIDATO PELO ALGARVE




Pela constituição de um Governo de Unidade Democrática e Patriótica. Pela saída do euro e pela vinda do escudo novo. Pela saída da UE. Estas são as razões da candidatura do PCTP/MRPP para as próximas eleições legislativas de 4 de Outubro.
Tenho a honra e o privilégio de ser o cabeça de lista do PCTP/MRPP pelo círculo eleitoral de Faro, para a defesa daqueles desígnios. Coube-me a mim a tarefa de encabeçar uma lista de homens e mulheres, todos eles, ainda que haja um jovem de 27 anos, com provas dadas na sua vida social, profissional e política e por isso qualquer um deles poderia também encabeçar esta lista. A política que nos rege é só uma e bem definida, sendo o cunho pessoal de aplicação dessa política apenas um aspecto secundário. É claro que as pessoas contam, mas acima delas está a concepção que fazem do mundo. Nesta lista estamos unidos quanto ao que é essencial e aos objectivos a alcançar, por isso a honra e o privilégio de ser o primeiro.
Só com o conhecimento e experiência de todos eles, poderei levar a bom porto as razões da candidatura nacional do PCTP/MRPP, conjugando-as com os problemas regionais. Só com todos eles poderei, caso seja eleito, levar ao Parlamento os anseios mais profundos dos elementos do Povo, e em especial os do Algarve. Só com todos eles me poderei bater pela constituição de um Governo de Unidade Democrática e Patriótica que recuse o pagamento de uma dívida que não é do Povo Português, que imponha a saída do euro e a criação do Escudo Novo e que leve a cabo um plano de desenvolvimento da economia nacional e de combate ao desemprego e à pobreza, para recuperarmos a nossa soberania económica, financeira, fiscal, monetária, cambial e orçamental, pela independência nacional, pelo emprego, pelo desenvolvimento económico e pela igualdade social.
Mas para que isto aconteça é necessário ter um número mínimo de votos para que se possa constituir uma representação do PCTP/MRPP no Parlamento. Voto esse que é também contra os partidos de traição nacional, PSD, PS e CDS coligados ou não de todas as maneiras imagináveis, e contra os partidos oportunistas ditos de esquerda, P”C”P, B”E” e afins.
Por isso apelo ao vosso voto, não para mim, mas para levar à prática esta política no imediato e para que se possa começar a construir a sociedade nova, livre de exploração do homem pelo homem.
Este é o mandato e é o compromisso que qualquer deputado da representação parlamentar do PCTP/MRPP assume perante o povo: propor estas medidas e lutar por elas até ao fim!
Por todas estas razões, no próximo dia 4 de Outubro não deixem que outros decidam por nós nem permitam que os traidores continuem a destruir o nosso belo País!

VOTA PCTP/MRPP!
PELA SAÍDA DO EURO!
PELA SAÍDA DA UE!
PELA REJEIÇÃO DO PAGAMENTO DA DÍVIDA!

NO ALGARVE VOTA NO PRIMEIRO!

Sem comentários:

Enviar um comentário